A onda azul se sustenta por quanto tempo?

A capacidade intelectual, integridade, responsabilidade ao comentar, e profissionalismo do professor Marco Antonio Villa são incontestáveis, porém, sua paixão Psdbista ou anti-petista faz com que ele “exagere” em alguns raros momentos.
Um desses momentos está registrado no vídeo que ilustra esse post, clique e confira!

Comentário apaixonado do professor Marco Antonio Villa mostra o quão entalados estavam os psdebistas.

por: Franklin Couto publicado em 01/11/16 às: 02h40

Brasil – Me desculpe, Villa! Te acompanho na radio e no YouTube todos os dias, concordo com quase tudo o que o senhor fala, mas, dai a dizer que o Brasil ganhou com o resultado dessa eleição – tendo em vista o crescimento do PSDB,PMDB, e PP – me parece que esse seu comentário de hoje foi muito mais motivado pela paixão do que pela razão!

A queda do PT é clara e eles fizeram por merecer, mas enquanto houver ascensão de partidos como o PSDB, PMDB, e PP, meu amigo, o país continuará sua caminhada ao retrocesso. Pode até ter uma “melhora” momentânea, mas em menos de dois anos as coisas mudam novamente, a não ser que haja realmente uma mudança de comportamento clara nessas partidos. Caso contrário, não passa de mais do mesmo. Sendo que quem realmente sai perdendo é o povo brasileiro.

Para críticas ou sugestões, favor entrar em contato através do e-mail: contato@blogdofranklin.com.br

TWITTER FACEBOOK INSTAGRAM SNAPCHAT TELEGRAM GOOGLE+ VSCO

Podcast: iTunes / Android

 

PMDB – O eterno vice.

Presidente do TSE – ministro Gilmar Mendes – foi flagrado em jantar com o presidente Michel Temer ( PMDB ) e Fernando Henrique ( PSDB ), e especula-se acordo para pleito de 2018. Confira!

Percebendo a baixa popularidade, PMDB se aproxima mais do PSDB e sinaliza possível coligação para a disputa presidencial de 2018.

por: Franklin Couto publicado dia 15/10/16 às: 04h20 atualizado às: 14h42

pmdb-o-eterno-vice

Brasil – Jantares, conversas, articulações… De uma coisa nós não podemos falar do presidente Michel Temer, ele sabe fazer política!
Nesse exato momento, o comentário nas rodas de conversa sobre política no país não falam sobre outra coisa que não seja esse jantar.
De fato, a única coisa que temos certeza é que nesse jantar foi traçado – ou pelo menos se iniciou o traçado – do futuro do nosso país. Confira no áudio!

Críticas, dúvidas ou sugestões no email: contato@blogdofranklin.com.br

TWITTER FACEBOOK INSTAGRAM SNAPCHAT TELEGRAM GOOGLE+ VSCO

Podcast: iTunes / Android

E o Estado do Rio quebrou.

PMDB leva Estado a falência.

PMDB apresenta um Estado falido, antes mesmo do término do governo do Pezão.

por: Franklin Couto publicado dia 13/10/16 às: 04h10

Rio de Janeiro – Depois de nove anos de governo do PMDB e pouco mais de seis meses de governo do PP no Rio de Janeiro, o Estado apresenta sérios problemas devido a uma péssima gestão.

Por esse tempo passaram pelas cadeiras de governador o senhor Sério Cabral ( PMDB ) – homem que quase foi indicado a vice presidente, formando chapa com Dilma Rousseff no lugar de Michel Temer – o senhor Luís Fernando Pezão ( PMDB ), e atualmente o senhor Francisco Dornelles ( PP ) que assumiu o governo mediante a uma licença tirada por Pezão para o tratamento de um câncer.

O grande problema é que agora, faltando pouco mais de dois anos para o fim do governo, o Estado apresente grandes dificuldades para se sustentar e preocupa todos os seus habitantes ao se mostrar sujeito até a uma intervenção branca, onde o governo federal toma a frente da gestão do Estado numa tentativa de salvar a saúde financeira de tantas pessoas que dependem direto dele.
A população aguarda ansiosa por uma solução enquanto salários atrasam, preços aumentam e a vida fica cada vez mais difícil. Esse é o legado que o PMDB vai nos deixar!

Para críticas, dúvidas, ou sugestões entrar em contato através do e-mail: contato@blogdofranklin.com.br

TWITTER FACEBOOK INSTAGRAM SNAPCHAT TELEGRAM GOOGLE+ VSCO

Podcast: iTunes / Android